Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

prontuário ortográfico

prontuário ortográfico

Um mundo conectado, onde 4,4 mil milhões de pessoas estão fora dele

No internet

 A internet para muitos de nós é algo todos os dias, vir como base para o que estamos acostumados e que muitos de nós dependem, seja para obter informações, para se divertir e até mesmo para o trabalho, por isso às vezes perder a dimensão do problema.

Às vezes, certos estudos que servem para nos dizer como podemos progredir como uma sociedade surgem, o que nos dá uma visão geral de onde estamos e para onde estamos indo. Hoje um desses estudos está sobre a mesa e os números são números surpreendentes que nos dizem que temos um longo caminho a percorrer.

4.400 milhões de pessoas sem acesso a internet no mundo

Offline and falling behind: Barriers to Internet adoption, é o nome de um extenso estudo realizado pela McKinsey & Company, em colaboração com o Facebook, onde o objetivo foi identificar as barreiras que impedem as pessoas de se conectar à internet, todos divididos e concentrou-se em quatro categorias: incentivos, baixa renda e usuários de acessibilidade, capacidade e infra-estrutura.

Os números gerados pelo estudo são verdadeiramente surpreendentes, com 4,400 milhões de pessoas sem acesso à internet, dos quais 3,4 mil milhões estão concentrados em apenas 20 países, por exemplo, a Índia tem 1.063.000 pessoas sem ser capaz de se conectar à internet, é seja, apenas 15% da população tem acesso, enquanto na China há 736 milhões, 69 milhões no México e até mesmo nos Estados Unidos há 50 milhões de pessoas fora de linha.

Com todos estes cruzados com o número de habitantes de cada número de países, a taxa de penetração, que na imagem abaixo, podemos ver como a 99,5% da população da Birmânia não tem acesso à internet, ou seja, tirar o país só tem penetração da Internet 5%.

Outros dados que mostram que o estudo é que, entre 1100 e 2800 milhões de pessoas não têm acesso a uma rede móvel, e nos países em desenvolvimento, as mulheres são 25% menos propensos a ser ligado do que os homens.

Motivos e barreiras

64% das pessoas que não são pessoas ligadas estão localizados em áreas rurais, onde a infraestrutura é escassa, assim como a educação ea saúde, que são os principais obstáculos, por exemplo, 45% da população na Índia sem eletricidade, essencial para ter um elemento de conexão.
Dentro do estudo foi uma mesa tendo em conta as quatro categorias que citamos acima, dar uma nota baseada na qualidade nessa categoria, esta é uma busca detectar qual é o fator predominante e onde prestar atenção especial.

Que tais estudos nos ajudam a aprender um pouco mais, sabemos onde estamos, como com a situação em certas regiões do mundo é como podemos trabalhar juntos para melhorar tudo, como uma sociedade, embora possa parecer uma utopia, há sempre a possibilidade de que, no futuro, tornar-se um verdadeiro mundo conectado.

fonte de informações sobre este site: xataca.com